Compartilhe
Ir em baixo
avatar
- Administração
Admin
Mensagens : 11
Data de inscrição : 14/11/2017
http://agoraitauna.directorioforuns.com

Manifesto Ágora Digital

em Ter Nov 28, 2017 1:30 pm
O Século é o XXI e a partir dele é preciso pensar o presente, edificar as bases sólidas que constituirão os pilares do futuro. Essa construção é um processo contínuo, incansavelmente democrático e inevitavelmente complexo. A construção de nossas vidas. Nós, elementos de uma intrincada teia de relações sociais, permeadas pelo Trabalho, permeadas pelo Prazer, permeadas pela Política.

Para o amortecimento de todos os interesses embaralhados nesse complexo amálgama de interações, precisamos estabelecer protocolos, normas, regras, leis. E todo este conjunto de normatizações só pode derivar da resposta e do respaldo das pessoas. Mas não apenas de pessoas que representam a si mesmas, como sujeitos de sua própria história. É preciso que os não representados, os não representativos e os não representáveis sejam – de fato – encaixados no processo. Do contrário, impera a ditadura da maioria, ou, pior, da minoria.

Para tanto, voltamos ao berço da Civilização Ocidental e retomamos um de seus espaços mais solenes e poderosos. As Ágoras, onde as Artes e a Política se misturavam. Onde todos podiam falar e ouvir.
 
Nosso espaço é, assim como uma ágora grega, um centro de debates. E - tal qual exige a disciplina do republicanismo - fomenta e obedece o direito à Livre Manifestação do Pensamento, desde que – claro – seja esta manifestação respeitosa dos Direitos Humanos e da Constituição Brasileira de 1988. Justiça e igualdade não se discute, se aprimora. Cá, neste vasto campo fértil das inquietações políticas de nossos corações abalroados pelos ditames de uma classe fracassada de politiqueiros e gangsteres, estamos nos organizando para propor, acima de uma nova cidade, um novo horizonte. Um horizonte liberto das tempestades da intolerância e protegido por nossos ideais mais humanistas. Cá, nesta Ágora, todos são bem-vindos. Mas, para nela permanecer, a perspectiva deve ser a mesma: o progresso do ser, o rebate ao obscurantismo, a Justiça Social, os Direitos Humanos, a Igualdade e – sempre – a humildade pela busca do saber, principalmente daquele construído coletivamente.

Lembrem-se, amigos e amigas de Ágora, que o respeito é o alicerce, mas é o plano comum do bem comum que abastece esta nossa ideia. Ideia que começa bem, pequena, tímida, hesitante e vulnerável. Mas que tem um caminho de grandes feitos traçado sob seus pés.

Avancemos todos de olhos cravados no futuro, coração sensível ao presente e mãos calejadas pelo passado. A mudança é um processo de ruptura. E faremos romper.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum