Compartilhe
Ir em baixo
Luiz de Faria
Membro I
Mensagens : 1
Data de inscrição : 20/11/2017
Profissão : Servidor Público Federal

REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE ITAÚNA 2017

em Ter Nov 28, 2017 12:37 pm
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Pessoal, estou colocando aqui um link para acesso à pasta contendo a minuta e os anexos da Revisão do Plano Diretor: goo.gl/gdekhp

A princípio eu estava contra a proposta, pois ele legitima a derrubada e a ocupação de áreas que estavam muito preservadas até meados de 2012 e 2013. Mas depois de conversar com pessoas que elaboraram a proposta, cheguei à conclusão que, apesar disso, ele é sim um importante instrumento para preservar o que nos resta de fragmentos de Mata Atlântica no entorno da Barragem do Benfica. Duas ambientalistas com quem conversei me disseram informalmente que a pressão do setor imobiliário no sentido de derrubar os Fragmentos de Mata Atlântica na região da Barragem está enorme. Os proprietários de terrenos na região têm ido na prefeitura para pressionar o Executivo. Se a população não se unir em defesa do patrimônio ambiental que ainda nos resta naquela região, em pouco tempo não teremos mais nada, pois tudo terá se transformado em condomínios e mansões de luxo. Além disso, a ameaça que esta ocupação traz para o abastecimento hídrico de nossa cidade é algo que precisa ser amplamente debatido.

Proposta de Ação

Precisamos pressionar o Poder Legislativo pela aprovação da Revisão do Plano Diretor sem alterações das medidas que visam a preservação das matas no entorno da Barragem. Para isso, sugiro:

1. Elaborar um texto bem didático e objetivo sobre o tema, e fazê-lo circular via jornais e mensagens virais nas redes sociais;
2. Utilizar os espaços da tribuna livre e da participação popular nas sessões da Câmara também é uma forma eficiente de pressionar;
3. Constranger e denunciar os nomes dos proprietários de terra na região que estão colocando os seus interesses particulares acima dos interesse coletivo, pois o povo claramente clama pela preservação da região.
Gusthavo Medeia
Membro I
Mensagens : 2
Data de inscrição : 27/11/2017
Idade : 36
Profissão : Consultor de Empresas
http://www.unicoconsultores.com.br

Critérios para Verticalização

em Ter Nov 28, 2017 10:51 pm
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
O Zoneamento de áreas para edificação de prédios é uma tendência urbanística. Em Itaúna não existem maiores critérios a respeito disso. Isso ocasiona distorções e anomalias tanto paisagísticas, como também impacta na qualidade de vida e causa prejuízos para diversas pessoas. Bairros tradicionais onde até alguns anos não se viam prédios como o Bairro de Lourdes ganharam vizinhos indesejados, afetando moradores vizinhos, tomando-lhes a privacidade e desvalorizando seus imóveis, assim como causando transtorno com obras intermináveis e muitas das vezes abandonadas. Novos bairros também foram inaugurados em Itaúna como Olímpio Moreira, Tropical, São Bento, Godofredo Gonçalves, Recanto das Peixotas...etc e também nasceram sem nenhum tipo de zoneamento. Portanto pleitear critérios para o zoneamento urbano para o novo plano diretor talvez seja uma demanda que eleve Itaúna. Sei que é um assunto que vai de encontro com os interesses de muitos construtores, porém é uma visão compatível com quem pensa em soluções urbanísticas. Levar o assunto a Tribuna e buscar entender qual a tendência disso com vereadores é um início. Vou sondar nas próximas semanas ao menos dois para entender o que pensam nos bastidores.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum